quinta-feira, 2 de abril de 2015

A convivência.


Uma vez li num livro, que por sinal é um dos meus preferidos, que a convivência é a pior inimiga dos grandes amores e das relações em geral. Não estava escrito assim - estava bem melhor e mais bonito, ou não estivesse eu a falar da Isabel Allende. Sempre me questionei se seria verdade e se a personagem criada pela Isabel teria, realmente, razão. Começo a acreditar que tem, mesmo, muita razão.
Sem convivência não há relações, sejam elas de que tipo forem, pelo menos para mim. Quanto a isso acredito que a maioria de vocês concorde comigo - ninguém conhece, verdadeiramente, alguém sem convivência. Mas não é disso que estou a falar aqui; estou a falar da convivência diária, sabem? Vinte e quatro sobre vinte e quatro horas. Quase non stop. Estou a falar de quando conseguimos adivinhar a fala seguinte, a chatice que vem sempre depois e as piadas - o que haverá de mais aborrecido do que já conhecermos o reportório, quase completo, das piadas? Estou a falar, também, da falta de limites de quem tem sempre alguma coisa para dizer. A convivência adora opinar; e adora ainda mais que não lhe consigam responder.
A convivência é uma velha rezingona a quem, muitas vezes, não temos a coragem de dizer basta. Todas as pessoas, mais ou menos educadas, respeitam os mais velhos. E a convivência é assim: algo que respeitamos mas que, muitos de nós, na maioria das vezes, não suportamos. Não sei em relação aos grandes amores, mas nas outras relações a Isabel tinha toda a razão; a convivência é o maior dos desafios e nem sempre é fácil sobreviver-lhe.
Dream cate

11 comentários :

  1. Concordo totalmente com aquilo que foi escrito. Sem dúvida que a convivência é um grande desafio na maioria das relações e só sabendo respeitar e não abusando dela é possível manter uma relação saudável.

    Parabéns pela tua escrita! Foi a primeira vez que visitei este espaço, mas podes contar comigo mais vezes por cá :)

    ResponderEliminar
  2. Confesso que nunca tinha pensado na convivência dessa forma, mas tens toda a razão.

    ResponderEliminar
  3. r: Fico mesmo contente por teres gostado :) bem sei que sou suspeita, mas vale a pena ouvir as restantes

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Penso bastante nisso e tenho algum receio de uma relação mais duradoura por causa desse fator. Não sei se aguentaria, como os meus pais, anos de casamento. Com essa convivência, vai-se o encanto, o deslumbramento. E o que sobrevive sem isso? Outro fator, que ataca muito os relacionamentos modernos, na minha opinião, é a convivência no sentido de dependência, de medo da solidão. Já não sabem ser sozinhos, ser inteiros, passam a ser metade de gente. Acho isso ainda mais perigoso, não para a relação com o outro, mas para a relação consigo próprio.
    Gostei bastante da tua perspetiva ;)

    http://happyandhealthy.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  5. a convivencia é algo realmente dificil, eu namoro já um ano e posso falar que tem coisas que o meu namorado faz que me irrita muito, mas mesmo assim nos nunca brigamos, eu acho que tem que de ser levar as coisas de forma leve se não todas as manias que um e o outro vão revelado com o tempo, faz o amor ficar frio

    Com carinho, Hina |Aishiteru em Contos

    ResponderEliminar
  6. Eu sou da opinião que a convivência fortalece as relações verdadeiras e destrói as menos autênticas!

    ResponderEliminar
  7. Gostei e segui :)
    diasporadossentidos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. A convivência é uma coisa boa para se conhecer alguém... mas falando por mim e da minha experiência, aquela convivência non-stop (como disseste) pode desgastar uma relação, seja amorosa, profissional ou de amizade... há que saber gerir!
    Beijinho e tb segui o teu blog de volta *

    ResponderEliminar
  9. Adoro Isabel Allende, é uma das minhas escritoras favoritas. Vejo um pouquinho de verdade nestas palavras.
    Gostei muito do teu blog, passa no meu e deixa a tua opinião, http://asidiotasdoseculoxxi.blogspot.pt/
    Espero que gostes!

    Beijinhos da Lontra das Idiotas do Séc.XXI

    ResponderEliminar
  10. Concordo, gostei bastante do post :)
    Beijinhos**

    http://designforstyleblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Copyright © 2014 DreamCate

Distributed By Blogger Templates | Designed By Darmowe dodatki na blogi