terça-feira, 21 de abril de 2015

Arroubo.


Foi então que apareceste; confesso que, desta vez, estava mesmo à tua espera. O arroubo que provocavas em mim era, agora, inegável. Não tínhamos combinado nenhum encontro, na verdade mal tínhamos falado um com o outro; mas eu sabia que virias. Sabia, também, que não ficavas indiferente ao arroubo que eu sentia por ti - tive a certeza quando me olhaste nos olhos e sorriste.
Dream cate

4 comentários :

  1. perfeitas as tuas palavras^^^

    a resenha ficou otima ^^
    eu nao gosto de livros juvens então pois são cheios de cliches que me irritam, e pelo jeito esse é um desses livros rsrs

    Com carinho, Hina | Aishiteru em Contos | | MelanCria Html | | YouTube |

    ResponderEliminar
  2. r: Exatamente! Terminou o sonho numa competição, mas ainda temos uma palavra a dizer no resto. É levantar a cabeça e preparar o próximo jogo :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar

Copyright © 2014 DreamCate

Distributed By Blogger Templates | Designed By Darmowe dodatki na blogi