terça-feira, 14 de abril de 2015

Quando escrevo sob pressão...


Eu ia estar lá - à tua espera - até decidires voltar para mim; mas, como já te conhecia, sabia que demorarias: sempre precisaste de muito tempo. Ontem, estavas aqui comigo, hoje, já não sei onde estás - por aí - sozinho. 
Tenho uma certeza: estou contigo onde estiveres! Estou ao teu lado, para sempre, mesmo que não consigas voltar; sei disso desde que partiste - aqui estarei sempre - e me deixaste; mesmo sabendo disto, vais demorar?
Quero-te aqui (se possível já), quero que estejas comigo - eu sei que queres...
Agora, aqui sentada, sei que fui egoísta. Devo dizer que: eu só pensei em mim, esqueci-me de ti, esqueci-me de nós; e, como já era esperado, tu vais querer ficar longe daqui - longe do nosso amor - , ou não fosses tão orgulhoso, como tu és, e teimoso: ninguém teima como tu, nem eu.
Volta para mim.

(...o resultado é esta confusão! O desafio mais difícil de sempre. Espero que leiam na mesma :) )
Dream cate

4 comentários :

  1. Não achei que estivesse uma confusão. Gostei bastante!

    ResponderEliminar
  2. eu gostei, acho que ficou divertido essa confusão rsrsr

    Com carinho, Hina | Aishiteru em Contos | | MelanCria Html |

    ResponderEliminar
  3. Com ou sem pressão, o que importa é dar prazer de escrever :)

    Rui

    ResponderEliminar

Copyright © 2014 DreamCate

Distributed By Blogger Templates | Designed By Darmowe dodatki na blogi