segunda-feira, 27 de julho de 2015

Ideias (mais ou menos) descabidas - parte X.


« (...) O primeiro beijo não aconteceu muito depois dessa noite; a verdade é que todo o tempo do mundo era muito tempo para esperar. Tenho a certeza que entrei em pânico nesse momento, que me senti desajeitada por não saber bem o que devia fazer e que vi outra pessoa no lugar do Luís por uns momentos. Por uns momentos senti que tudo estava errado, que não devia avançar assim tão depressa. Quando abri os olhos era o Luís que me sorria – sim, era o Luís. Precisei de uns segundos para me reajustar à realidade, para abrir bem os olhos e me dar conta de que quem me sorria naquele momento era o meu presente – não era o meu passado e talvez não fosse o meu futuro.
Enquanto me reajustava e lhe sorria de volta, decidi-me por um segundo beijo, talvez agora, depois da novidade, tudo parecesse (ainda) melhor. E assim foi: o segundo beijo foi, definitivamente, o melhor. No segundo senti o Luís por inteiro – era mesmo ele que estava ali comigo – e voltei a ouvir o burburinho maravilhoso das minhas borboletas. Afinal, talvez fosse possível voltar a ser feliz.»
Dream cate

7 comentários :

  1. Nós avançamos, mas há pessoas que não conseguimos deixar para trás.
    É possível voltarmos a ser felizes, temos é que o querer :)
    Adorei, claro!

    r: Muito obrigada*

    ResponderEliminar
  2. Lindo, Catarina.
    Lembro do meu primeiro beijo com um garoto do colégio, eu sempre tive aquela sensação de esperar o garoto certo para tal coisa e o primeiro beijo foi aos 18 anos.. xD Um pouco, tarde eu sei. hahah xD Mas, foi gostoso!!

    Um beijo, estou te seguindo.

    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  3. Lindo texto Catarina!

    http://alicetwins.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Copyright © 2014 DreamCate

Distributed By Blogger Templates | Designed By Darmowe dodatki na blogi