domingo, 28 de junho de 2015

Sobre os Domingos.


E Domingo é dia de mais uma Rubrica no A Few Lines. Hoje recordo mais um texto do início do blog e que não podia ser mais adequado: é sobre os Domingos.
Será que gostam tanto de Domingos como eu?

Há muito tempo que descobri que não gosto nada de Domingos. Toda a gente fala nas malditas segundas-feiras de todas as semanas de todos os anos das suas vidas, eu falo dos Domingos. São o pior dia de qualquer semana, por mais coisas bonitas e interessantes que eu faça, por mais momentos inesquecíveis que me possa proporcionar, nada consegue acabar com esta maldição dos domingos. São estranhamente nostálgicos, como se nos quisessem puxar para trás e nos sussurrassem ao ouvido para “não avances mais, já chega…fica aqui, não vás!”. E são estupidamente indefinidos, ora são o último dia da semana ora são o primeiro. Não há nada pior do que acabar e começar no mesmo instante, sem tempo para respirar. É mais ou menos como despedirmo-nos de alguém de quem gostamos muito: não queremos desfazer-nos de quem tem que ir num abrir e fechar de olhos. Mas quando fechamos os olhos, bem devagar e respiramos fundo, sentimos que já desapareceram. Quando voltarmos a abrir os olhos, estaremos sozinhos (sem ti). Os Domingos são assim.
Dream cate

4 comentários :

  1. Concordo! Excelente definição de domingo

    ResponderEliminar
  2. Adorei *_* E os Domingos são mesmo assim hehe escreves tão bem :) começei a seguir-te :)

    ResponderEliminar
  3. Olá! também não gosto muito dos domingos. Significam sempre despedidas.

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo mas não odeio nenhum dia em específico :p

    ResponderEliminar

Copyright © 2014 DreamCate

Distributed By Blogger Templates | Designed By Darmowe dodatki na blogi